Série de Sermões Autónomos

serviço

6 de Janeiro de 2019

Três coisas essenciais para todos

Actos

Introdução

O Ano Novo encoraja-nos inevitavelmente a olhar em frente. Deus criou-nos para sermos virados para o futuro. Se olharmos para o ano passado, é para rever a nossa história de vida, recordar as boas experiências, e considerar algumas coisas que gostaríamos de mudar. Depois, fazemos planos para viver em direcção a algumas coisas novas no Ano Novo.

Ao fazer as resoluções de Ano Novo, é importante que elas nos motivem e se relacionem com as maiores prioridades das nossas vidas. Se tivermos pouco interesse no resultado, ou se forem irrelevantes para o quadro mais amplo, então as probabilidades de nós colocarmos no trabalho para as fazer acontecer são escassas. Precisamos de sentir um sentimento de urgência. Sem isto, arriscamo-nos a adiar o que precisamos de fazer para atingir o nosso objectivo. A motivação é fundamental.

Ao estabelecer objectivos para o Ano Novo, pensamos frequentemente na saúde, relações, estudos, e carreira. Estamos a viver para as coisas para as quais Deus nos quer viver?